Idioma

Banco Santander Totta

IFRRU 2020


O Santander apoia a reabilitação e revitalização urbana

O Santander apoia a reabilitação urbana

Temos 767 milhões de euros para apoiar projetos de reabilitação e de revitalização urbana, através do IFRRU 2020.

O IFRRU 2020 é um instrumento financeiro que reúne fundos europeus e fundos do Santander.

Juntos vamos Reabilitar e Revitalizar.

 

Que projetos são apoiados?

  • Reabilitação integral de edifícios de 30 ou mais anos (ou, no caso de idade inferior que demonstrem um nível de conservação igual ou inferior a 2 - mau ou péssimo - nos termos do Decreto-Lei n.º 266-B/2012, de 31 de dezembro)
     
  • Reabilitação de espaços e unidades industriais abandonadas
     
  • Intervenção em edifícios de habitação social e espaço público


Os edifícios reabilitados podem destinar-se a qualquer uso, nomeadamente habitação, atividades económicas e equipamentos de utilização coletiva.

 

Em que localização?

  • Imóveis inseridos nas seguintes áreas municipais:
     
    • PARU - Plano de Ação e Reabilitação Urbanas
    • ARU - Área de Reabilitação Urbana
    • PAICD - Plano de Ação Integrado para as Comunidades Desfavorecidas

 

Quem se pode candidatar a estes financiamentos?

Qualquer entidade, singular ou coletiva, pública ou privada.

 

Que despesas podem ser financiadas?

Todas aquelas relativas a obras de reabilitação urbana, bem como as referentes a medidas de eficiência energética.

 

Quais os apoios disponíveis?

  • Empréstimos com garantia hipotecária ou outra equivalente com prazos até 20 anos (até 7 anos no produto para venda), carência de capital pelo período de investimento + 6 meses, com um máximo até 4 anos. Taxas de juro e comissões abaixo das praticadas para projetos de investimento da mesma natureza.
     
  • Empréstimos com garantia prestada pelas SGMs até ao máximo de 70%, para projetos que não disponham de garantia bastante.


 

Os projetos podem ainda beneficiar de benefícios fiscais já decorrentes da lei, inerentes à sua localização e natureza da intervenção, nomeadamente ao nível do IMI, IMT e IVA.

 

3 passos para apresentar uma candidatura

  1. Pedir parecer de enquadramento prévio à Câmara Municipal da localização do imóvel;
    • Veja aqui a instrução do pedido de parecer
    • Veja aqui o modelo de parecer vinculativo sobre o enquadramento das operações propostas nos PARU ou instrumento de planeamento similar nas Regiões Autónomas
    • Veja aqui os pontos de contato IFRRU junto das Câmaras Municipais
  2. Obter Certificado Energético do imóvel antes da intervenção, elaborado por perito qualificado pela ADENE.
    É obrigatório que todos os imóveis apoiados pelo IFRRU 2020 tenham melhoria de classificação energética.
    • Veja aqui como obter o pedido de certificado energético
  3. Formalizar o pedido de financiamento através do formulário de candidatura para entrega em qualquer Balcão ou DCE do Santander.

 

Para mais informações, visite o Portal da Habitação

Santander Advance Empresas - 707 100 029 | advance@santander.pt
NetBanco Empresas - 217 807 130
Atendimento personalizado, dias úteis das 8h às 20h